Depois do parto, a dor

18/07/2009 at 12:59 pm 2 comentários

Oi, bonitas!

Semana passada eu contei que sou uma curiosa por assuntos gerais, estou sempre buscando livros que me ensinem alguma coisa. Uso-os como forma de sanar minhas muitas curiosidades. Ô bichinha curiosa que sou!
O livro de hoje matou dois coelhos com uma paulada só: aprendi mais sobre a depressão pós-parto e li um relato autobiográfico. Gostei demais!

A delicinha é “Depois do parto, a dor – minha experiência com a depressão pós-parto”, escrito graciosamente por ninguém menos que Brooke Shields.  Estão lembradas? A mocinha de “A lagoa azul” e, mais recentemente, uma das protagonistas do seriado “Lipstick Jungle”. Esse livro foi muito revelador e emocionante, principalmente porque mostrou que todas nós estamos sujeitas a ter DPP (depressão pós-parto), mesmo tendo desejado, esperado e amado muito os nossos bebês.

No livro ela conta como conviveu com o problema, como sofreu antes de ser diagnosticada e como tinha que conviver com a culpa de achar que não amava o bebê que tanto buscou. Brooke teve problemas para engravidar, sofreu abortos, fez tratamentos de fertilização. Trilhou o caminho da maternidade com determinação e amor e quando finalmente foi mãe, deparou-se com um problema muito difícil.
Ela nos conta todos os caminhos que ela passou: a batalha para gerar um filho, o parto, a culpa, o diagnóstico, o tratamento e a redenção.
Brooke nos mostra que, infelizmente, podemos sofrer de DPP, mas também nos mostra que a cura é possível. Mostra, também, que o apoio da família, dos amigos e do companheiro e fundamental.

Recomendo muito esse livro não só para todas as mulheres, mas para os homens. Entender as causas e os sintomas é essencial para buscar ajuda o mais rápido possível e viver plenamente esse momento tão especial.
Gostei tanto dele que estou relendo agora.

Uma pitadinha pra dar o gostinho. Dessa vez os trechos são da 4ª capa do livro:

“[…]Brooke conta a história de como lutou contra um distúrbio incompreendido, apesar de afetar uma em cada dez mulheres. Ela fala da luta para ficar grávida, da alta expectativa que teve em relação à maternidade, da doença no contexto de sua vida, de seu papel de mãe de primeira viagem… Por fim, ela conta como encontrou uma saída.[…]”

Espero que gostem.
Um beijo!!
Taty

Depois do parto, a dor – Minha experiência com a depressão pós-parto
Brooke Shields
Prestígio Editorial

Anúncios

Entry filed under: Chá com letras.

Phoebe in Wonderland Desafio Diferente II – As páginas

2 Comentários Add your own

  • 1. Mi Müller  |  18/07/2009 às 6:09 pm

    Báh faz tempo que estou para comprar este livro e nunca tinha lido uma resenha tão bacana sobre ele. Adorei teu texto! Vou ler com certeza!
    estrelinhas coloridas…

    Resposta
  • 2. claudia antunes  |  20/07/2009 às 6:25 pm

    Infelizmente a depressão – pós-parto ou não, por ser uma doença invisível, é encompreendida e ainda alvo de muito preconceito. Bacana sua dica de leitura! Obrigada e bjs,

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Puxem a cadeira, sentem-se, a água do café ainda está fervendo e enquanto isso vamos juntas trocar figurinhas sobre o fazer sem o saber.

Dia-a-Dia

julho 2009
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Passou, mas está aqui!

Já passaram por aqui...

  • 257,450 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: